FANDOM



Presos na Liberdade
Presos na Liberdade Banner
Básico
Estreia 13 de Agosto de 2014 (Rehoen Go! Wiki)
13 à 20 de Agosto de 2014 (Nyah! FanFiction)
Número de produção 004
Número na temporada 004
Originalmente "Prisoners of Freedom"
Características
Gênero(s) Suspense
Aventura
Amizade
Ação
Mistério
Protagonista(s): Felipe N. Rattione
Bruno H. Torres
Stephanie Liccon
Antagonista(s): Arthur L. Neto
Créditos finais
Idealizador: Deus
Diretor: Deus
Escritor(es): Arthur L. Neto
...Episódio anterior
Próximo episódio...

Presos na Liberdade é o quarto episódio de Rehoen Go!, sendo o primeiro que aborda o gênero do suspense, e o primeiro que aborda uma história mais rica e engenbrada, podendo ser considerado um livro por seu tamanho e também por seu decorrer. É também o primeiro episódio em que o próprio escritor, Arthur L. Neto, usa de sua própria pessoa como antagonista do mesmo, e se introduz no universo de Rehoen Go!. É também, o quarto episódio da primeira temporada.

Sinopse Edit

Depois de mais um dia no Everyday Academy, um colégio para de colegial, Bruno H. Torres decide levar seu grupo a uma aventura que com toda a certeza iria quebrar o tédio de uma rotina. Depois de pesquisar, ele vê boatos e lendas sobre a selva próxima à estrada WP 18, que liga Wikaner à Própolis, e decide ir com os Besouros-Negros até elas para ver se o medo e o caus especulado era verdadeiro ou não, e se não, conseguir o título de quem desmistificou os mistérios das "matas de Wikaner". Mesmo Beetleleader / Felipe N. Rattione (o líder do grupo) sendo contra, os outros quatro: Bruno H. Torres, Stephanie Liccon, Robert Sonson e Marcelo Aticato, decidem encarrar tão temida lenda, acreditando irem para um acampamento entre amigos. O que eles não esperavam, é que tal lenda era verdadeira, sustentada por um terrível indígena que faria tudo para impedir que os cinco saíssem com vida, e, paralelamente a isto, Leonardo Platino (um ex-membro rejeitado) embarga junto com seu ex-grupo clandestinamente na esperança de uma experiência tão boa quanto eles. Será que os seis conseguiram sobrevir aos mistérios daquela selva, ou irão parecer gradualmente na esperança de obterem uma saída?

Marcos do episódio Edit

  • Introdução do grupo juvenil, os Besouros-Negros, e cinco de seus membros somado à estreia de Leonardo Platino.
  • Leonardo Platino é expulso dos Besouros-Negros, mas volta ao grupo no final do episódio.
  • A amizade de Felipe N. Rattione e Bruno H. Torres é depois de anos estremecida, mas no decorrer do final do episódio é aumentada e terminada mais íntima do que nunca.
  • Bruno H. Torres assume seus sentimentos antigos para Stephanie Liccon, e os dois no final do episódio assumem um namoro e dão seu primeiro beijo.
  • Primeira aparição não-cameo de Arthur L. Neto, além de exploração sobre o passado recente e de seis anos atrás do mesmo, e visão de seu estado insano curado no final do episódio.
    • Arthur L. Neto retoma sua consciência e volta para Dendróvia Dekan depois de um ano de isolamento na esperança de voltar a ter uma vida como um cidadão normal.
    • Revelação que Arthur passou um ano de isolamento nas matas de Wikaner, e adotou a identidade de um indígena conhecido como "o Mascarado" na esperança de zelar pelo local onde estava, após um traumatismos craniano que gerou bipolaridade em uma exploração nas mesmas.
  • Áurea dos Solos afirma que Arthur tem uma missão que será explorada posteriormente em Rehoen Go!.
  • O grupo Besouros-Negros ganham fama e destaque.
  • Felipe N. Rattione entra para patrulha de Wikaner.
  • É revelado que Arthur construiu uma cidade rústica chamada de Liberdade.
  • As "temidas matas de Wikaner" são desbravadas e explicadas pelo que realmente são.
  • Melhores menções do acordo de paz entre Arthur L. Neto e Rafael Dlamant nos tempos de guerras dos M-A's.
  • Primeira citação de Morre-Arth por seu principal alvo.
  • William Costa Platino faz sua estreia em Rehoen Go!.
    • Se descobre o primeiro podre da administração de William Platino, quando ele tenta comprar a amizade dos Besouros-Negros para seu filho com dinheiro público.
  • Robert Sonson comenta que iria escrever um livro sobre a aventura do episódio.
  • Primeira menção do arco "Jogo de Poder", e exploração do arco "Besouros-Negros", do arco "Arthur's" e do arco "Burrito".
  • Primeira aparição de um espírito e menções da quarta dimensão.

EstreiasEdit

Elenco Edit

Nome do episódio Edit

  • O nome do episódio é um jogo de palavras com expressões contraditórias as quais passa a ideia do enredo.
    • "Presos" diz respeito ao fato dos Besouros-Negros estarem partidos na selva chamada de Liberdade.
    • Já "Liberdade", é o nome da selva em que os Besouros estão perdidos.

Referências externas Edit

Curiosidades Edit

  • Bruno H. Torres e Robert Sonson fazem menção a um professor do Everyday Academy indígena chamado de Professor Jubaka. Curiosamente, o fato do professor ser indígena faz alusão a trama central do episódio.
  • É revelado que Arthur L. Neto passou um ano inconsciente dentro de uma casca psicológica após sofrer um acidente, adotando o codinome de o Mascarado.
  • Este episódio mantém seus elementos compostos um mistério até o fim do mesmo, mostrando uma grande diferença com os demais episódios de Rehoen Go!.
  • Arthur L. Neto revelou que trabalhou neste episódio há seis meses, e que se assemelha a um livro pelo tamanho e complexidade. Ele também disse que foi sua maior obra criada.
  • Curiosamente, com a exceção de Arthur, nenhum dos demais personagens teve aparições memoráveis marcadas para o desserolar da primeira temporada, tendo alguns apenas uma participação cameo ou menor em "Você foi Tirado!" e "Flashbox".
    • O escritor disse que este episódio foi uma apresentação dos Besouros-Negros original, uma vez que os mesmos embora apareçam em demais séries do mesmo, nunca foram tão bem explorados quanto neste episódio.
  • O criador de Rehoen Go! disse que sua aparição na série como Arthur L. Neto foi uma referência a sua história de vida relata do momento em que o episódio foi pensado (Novembro de 2013) em modo aumentado, e uma pequena alteração com a primeira doença psíquica compreendida por ele.
    • O mesmo disse que foi só uma referência no episódio, mas seu personagem irá se comportar como um personagem "do bem" nos episódios posteriores.
  • Este é o primeiro episódio em que no Nyah! FanFiction foi usado um meio diferente de publicação, o qual o mesmo foi fragmentado em dez mini-episódios por seu tamanho.

Ver Também Edit

Start a Discussion Discussions about Presos na Liberdade